13/10/2020


  • I N S P I R A T I O N   S E R I E S 


    Birden x Fabio Luiz


    B E H I ND   T H E   C O L L A B
     
  • _______________________________________________________________________________________________________________________


  • TRAJETÓRIA

    Paulista que vive em Floripa há 18 anos, em 2020 Fabio Luiz completa 21 anos trabalhando na área de criação, sendo a última década toda voltada para a moda. 

    Sua relação com a arte começou de maneira inusitada. Aos 13 anos, seu pai quis que ele prestasse provas para entrar em algum colégio técnico, para que terminasse o colegial tendo um curso profissionalizante. O trato era que se ele passasse, o pai ajudaria com todas as suas despesas até se formar, caso contrário, começaria a trabalhar.


    "É claro que com 13 anos eu não imaginava o tamanho da responsabilidade de levar a sério os estudos e acabei não passando em nenhum dos colégios técnicos (risos) e meu pai cumpriu com a palavra dele."


    Nessa época, há 20 anos atrás, o ingresso em qualquer empresa era sendo o famoso office boy, meninos que resolviam coisas dentro e fora da empresa, como ir ao banco pagar contas, levar coisas de um departamento ao outro, etc. 

    Fábio deu a sorte de começar como "office boy" em uma agência de publicidade, sem ter a menor ideia do que era esse segmento, mas convivendo nesse ambiente onde ficou por dois anos, logo se apaixonou pelo universo da comunicação. Fazia os "trabalhos na rua" o mais rápido que podia e quase nunca ficava nos fliperamas (local que era lotado pelos office boys dando aquela escapadinha do trabalho), só para ficar no setor de criação acompanhando o trabalho dos diretores de arte.


    "Cara, aquilo me fascinava...Como o cara desenhava no papel e aquilo ia pro computador, depois virava um rótulo, um anúncio de revista, uma campanha toda. Fiquei apaixonado e foi aí que veio em mim aquela frase clichê de "saber a resposta do que eu queria ser quando crescesse",  esse foi o meu gatilho e dali pra frente tudo o que eu pude fazer pra trabalhar nessa área, eu fiz."




    GRADUAÇÃO

    Fábio se graduou pelo Senac de São Paulo e galgou cada degrau dentro da criação, mas muito antes da formação superior, fez todos os cursos possíveis na área, desde computação gráfica, redação publicitária, desenho mangá até ilustração aquarelada, todo o esforço necessário para entrar na área como sonhava e aos 18 anos começou a trabalhar em uma editora de revistas como assistente de arte e desde então passou por todos os cargos dentro da profissão, sendo na sequência um arte-finalista, diretor de arte júnior, diretor de arte, até assumir o cargo de diretor de criação.

    E foi como diretor de criação que teve seu primeiro contato com a moda, trabalhando na ilustre QIX Skateboards de Florianópolis por cerca de 2 anos e desde então tem trabalhado criando material visual para diversas marcas nacionais de peso.


     


  • BIRDEN x FABIO LUIZ

    Tendo alguns amigos pessoais colaboradores da marca, como o Renato Leal, Fábio sempre manteve a Birden no "radar" profissional, até que a oportunidade surgisse.


    "A Birden tem sido há tempos uma grande referência de marca nacional pra mim."


    O ano de 2020 trouxe muitos desafios para todos, com o Fábio não foi diferente, do nada veio toda essa história de quarentena e quando achou que seria um momento de águas revoltas, no final deu tudo certo, muitos trabalhos significativos e um momento especial foi a Collab com a Birden.


    "O auge do artista é quando ele é reconhecido pela marca, isso vai além de quando apenas compram o desenho do artista. O reconhecimento real é quando a marca menciona o nome do artista e são poucas as marcas que fazem isso."


    Fábio ficou surpreso com o convite de fazer um trabalho em colaboração com a Birden, o expondo como protagonista. Tudo fluiu numa boa, com um roteiro nada engessado e onde conseguimos trazer à tona toda sua essência de maneira natural. A produção de foto e vídeo não poderia ter sido diferente: muita risada, calor, café, moto e até empurrar a brasília que ficou sem gasolina antes de chegar na Lagoa da Conceição, fez parte dessa página que escrevemos juntos. 

    Paixão pelo que fazemos. É disso que estamos falando! :)


     


  • ...



    Acha que acabou por aqui? Não...

    Quase como aquela faixa bônus que vinha nos cd's, o Fábio compartilhou algumas de suas referências com a gente, então você que se interessa por criação, pegue papel e caneta, ou abra seu bloco de notas mesmo:



    INTERNACIONAIS


    Mike Giant, Jim Mitchell (TCSS), Luke Day (contribui pra Afends), Paul Mcneil (contribui pra Deus Customs), Carby Tuckwell (contribui pra Deus Customs), Lee Timms (Pand Co), Banksy, Obey, Tristan Eaton, Kaws, Nychos, Takashi Murakami.


    NACIONAIS


    Titi Freak, Chivitz, Vejam, Speto, Os Gêmeos, Renato Leal, Lapa, Nelson Ferraz, Alucinandinho, André Persore, David Escobar, Danka Umbert, Driin, Ari Vassa, Caio Mineiro, Caroline Yamamoto, Rob Abreu, Luiz Gordo, Marlon de Barros, Gabriel Araújo, Marcus Vinícius e entre outros colegas e artistas que me inspiram ou já me inspiraram muito."


  • Acompanhe e saiba mais sobre seu trabalho em @FabioLuiz.SC

    Veja também >> Birden x Fabio Luiz.

     

Compartilhe

Comentários

Este site utiliza tecnologias como cookies para melhorar sua experiência de acordo com nossa política de privacidade. Ao permanecer navegando, você concorda com estas condições.

Estamos ocupados atualizando nossa loja para você e voltaremos logo.

Whatsapp