12/08/2020


  • I N S P I R A T I O N   S E R I E S 


    Renato Tija


    @S QUE INSPIRAM #01
     
  • _______________________________________________________________________________________________________________________
     

  • Renato Tija é um designer de superfícies cujo trabalho autoral, o intitula de Geometria Intuitiva. Costuma dizer que a interpretação de uma obra é um processo pessoal do espectador, onde cada pessoa absorve de um jeito e enxerga as formas que lhes convém, como uma questão de maturidade visual.
     


  • Motivação:

    Trabalhou 20 anos como diretor de arte para cenografia e sentiu uma grande necessidade de um projeto autoral. Sempre teve predileção por padrões geométricos e artistas da década de 50. Foi quando se aprofundou no Movimento Concretista e percebeu que já fazia parte dessa escola.


     


  • Trabalho:

    Hoje Tija leva seu trabalho para um contexto tradicionalista e regional. Sendo membro de uma das famílias caiçaras "fundadoras" de Bertioga e pelo assunto fazer parte de seu cotidiano, quer preservar e resgatar estímulos visuais de sua infância. 


     


  • "Acho muito importante continuar alguns costumes, nem que seja através da arte. O remo, a vela, o surf, o bodysurf e a pesca faz parte da nossa família há muitas décadas e hoje ainda preservamos algumas práticas - pra falar a real, todas (risos). Aqui em casa tem desde canoas havaiana até monjolos à vela."

     


  • Desafios:

    Falando um pouco sobre os desafios do cenário atual, Tija nos disse que um dos pilares que acha mais importante para vencer essa fase é o posicionamento e a valorização do próprio artista. 

  • "O foco é estar onde valorizam seu trabalho e não onde podem pagar. É preciso ser muito profissional e ter argumentos sólidos como uma empresa para o consumidor te enxergar como um bom produto. Isso estou falando como quem vive de arte."

     


  • Referências:

    Tija não se limita em questão de misturar suas referências e valoriza tanto suas referências pessoais do convívio de seus antepassados, quanto as visuais presentes nas artes dos brasileiros Tarsila do Amaral, Lygia Clark, Alexandre Wollner e a cubana Carmem Herrera, cujos mesmos tem estudado.

    Seguindo um estilo de arte simplista (sem ser cool) e buscando sempre conectar-se com sua essência, Tija acredita que isso lhe traz a consciência de ter o "pé no chão" em relação a sua arte e seus valores.


     


  • Acompanhe e saiba mais sobre seu trabalho através em @RenatoTija.

    www.renatotija.com

  • ___________________________________________________



    Veja mais Inspiration Series   |    Voltar para Journal

     

Compartilhe

Estamos ocupados atualizando nossa loja para você e voltaremos logo.

Whatsapp