12/08/2020


  • I N S P I R A T I O N   S E R I E S 


    Renato Tija


    @S QUE INSPIRAM #01
     
  • _______________________________________________________________________________________________________________________
     

  • Renato Tija é um designer de superfícies cujo trabalho autoral, o intitula de Geometria Intuitiva. Costuma dizer que a interpretação de uma obra é um processo pessoal do espectador, onde cada pessoa absorve de um jeito e enxerga as formas que lhes convém, como uma questão de maturidade visual.
     


  • Motivação:

    Trabalhou 20 anos como diretor de arte para cenografia e sentiu uma grande necessidade de um projeto autoral. Sempre teve predileção por padrões geométricos e artistas da década de 50. Foi quando se aprofundou no Movimento Concretista e percebeu que já fazia parte dessa escola.


     


  • Trabalho:

    Hoje Tija leva seu trabalho para um contexto tradicionalista e regional. Sendo membro de uma das famílias caiçaras "fundadoras" de Bertioga e pelo assunto fazer parte de seu cotidiano, quer preservar e resgatar estímulos visuais de sua infância. 


     


  • "Acho muito importante continuar alguns costumes, nem que seja através da arte. O remo, a vela, o surf, o bodysurf e a pesca faz parte da nossa família há muitas décadas e hoje ainda preservamos algumas práticas - pra falar a real, todas (risos). Aqui em casa tem desde canoas havaiana até monjolos à vela."

     


  • Desafios:

    Falando um pouco sobre os desafios do cenário atual, Tija nos disse que um dos pilares que acha mais importante para vencer essa fase é o posicionamento e a valorização do próprio artista. 

  • "O foco é estar onde valorizam seu trabalho e não onde podem pagar. É preciso ser muito profissional e ter argumentos sólidos como uma empresa para o consumidor te enxergar como um bom produto. Isso estou falando como quem vive de arte."

     


  • Referências:

    Tija não se limita em questão de misturar suas referências e valoriza tanto suas referências pessoais do convívio de seus antepassados, quanto as visuais presentes nas artes dos brasileiros Tarsila do Amaral, Lygia Clark, Alexandre Wollner e a cubana Carmem Herrera, cujos mesmos tem estudado.

    Seguindo um estilo de arte simplista (sem ser cool) e buscando sempre conectar-se com sua essência, Tija acredita que isso lhe traz a consciência de ter o "pé no chão" em relação a sua arte e seus valores.


     


  • Acompanhe e saiba mais sobre seu trabalho através em @RenatoTija.

    www.renatotija.com

  • ___________________________________________________



    Veja mais Inspiration Series   |    Voltar para Journal

     

Compartilhe

Comentários

Este site utiliza tecnologias como cookies para melhorar sua experiência de acordo com nossa política de privacidade. Ao permanecer navegando, você concorda com estas condições.

Estamos ocupados atualizando nossa loja para você e voltaremos logo.

Whatsapp